Foi inaugurada na última quinta-feira, 18 de agosto, no térreo do Edifício Jorge Machado Moreira (JMM, prédio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU/UFRJ), a exposição MagLev-Cobra: Mobilidade Sustentável. A mostra traz os projetos vencedores de um concurso de ideias no qual estudantes de graduação e pós-graduação, de diferentes unidades acadêmicas, elaboraram projetos de estações e trajetos para a implantação do MagLev-Cobra, trem de levitação magnética desenvolvido na Coppe/UFRJ, na Cidade Universitária.

O concurso foi promovido pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), pela Coppe, e pela Escola Politécnica (Poli), com apoio financeiro do Parque Tecnológico da UFRJ.A mostra permanecerá aberta ao público, no mesmo local, até o dia 13 de setembro, sempre das 9 às 15h.

Segundo o professor Richard Stephan, do Programa de Engenharia Elétrica, a Faperj está apoiando a retomada do projeto com três milhões de reais. “Este apoio da Faperj, e também da Finep, está permitindo tirar o Maglev-Cobra do CTI. Temos também a parceria da Aeromóvel e da Seahorse. Assim, em 15 de outubro de 2023, no Dia do Professor, inauguraremos na linha CT1-CT2 um veículo com características industriais, não para operar apenas às terças-feiras, mas todos os dias. Vamos ligar o século passado (CT1) ao século presente (CT2), de forma emblemática essa linha fará essa ponte diariamente”, antecipou.

Saiba mais no Planeta Coppe Notícias.

Capa livro Introdução à Engenharia Elétrica de Potência Richard

O professor do Programa de Engenharia Elétrica da Coppe/UFRJ, Richard Stephan, acaba de lançar o livro Introdução à Engenharia Elétrica de Potência, que mostra um panorama deste curso e aborda o lado profissional e social de quem atua na área. Publicado pela editora Ciência Moderna, a obra tem como proposta inserir os estudantes no contexto da engenharia nacional, a partir de uma perspectiva histórica e com uma visão do futuro.

Com prefácio do professor Luiz Bevilacqua, do Programa de Engenharia Civil da Coppe e Emérito da UFRJ, o livro tem uma abordagem motivadora mostrando de forma direta o que oferece um curso de Engenharia Elétrica de Potência. Trata-se de “uma obra rara na literatura técnico-científica, cujo leque temático cobre desde a introdução de conceitos fundamentais em geração e transmissão de energia até o compromisso social do engenheiro, sem esquecer a perspectiva transcendental que temos de nós mesmos”, diz Bevilacqua no prefácio.

Saiba mais no Planeta Coppe Notícias.

Teve início na última quarta-feira, 16 de março, a décima sétima edição do Desafio Solar Brasil (DSB), competição de barcos movidos a energia solar, que reúne estudantes, técnicos e professores com equipes de diversos estados brasileiros. O DSB é uma atividade de extensão da UFRJ, coordenada pelo professor do Programa de Engenharia Elétrica da Coppe/UFRJ e decano do Centro de Tecnologia (CT), Walter Suemitsu. Este ano, quatorze embarcações participam da competição disputada em São Francisco, Niterói.

O desafio conta com apoio da Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria do Clima, e tem como objetivos promover o desenvolvimento de tecnologia; formar jovens, estudantes de ciências e tecnologias no uso de fontes alternativas energia; popularizar a cultura marítima e as fontes alternativas de energia; promover o intercâmbio entre estudantes e pesquisadores. A competição termina na terça-feira, 22, Dia Mundial da Água.

As provas e eventos culturais são realizados na Praça do Rádio Amador. Saiba mais: https://desafiosolar.com.br/bsb-2022-niteroi/.

FAPERJ anuncia o resultado do Programa de Apoio ao Jovem Pesquisador  FluminenseA Coppe/UFRJ teve 21 professores contemplados em programas da Faperj, por meio de editais: 16 no Cientista do Nosso Estado (CNE), e cinco no Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE). Os resultados são da edição de 2021 e foram divulgados agora, no mês de março, em função do agravamento da pandemia da covid-19 no decorrer do ano passado. O fato levou a diretoria da Faperj a estender a vigência das bolsas dos cientistas e jovens cientistas que estavam concorrendo a esses editais, sem prejuízo para nenhum pesquisador.

Confira abaixo os professores da Coppe contemplados nos dois programas:

Cientista do Nosso Estado

Aquilino Senra Martinez (PEN)

Carolina Palma Naveira Cotta (PEM e PENt)

Claudia Regina Elias Mansur (PEMM)

Eduardo Antonio Barros da Silva (PEE)

Fabiano Lopes Thompson (PEP)

João Carlos dos Santos Basílio (PEE)

João Carlos Machado (PEB)

José Carlos Costa da Silva Pinto (PEQ)

Leda dos Reis Castilho (PEQ)

Marcelo Amorim Savi (PEM)

Marcelo José Colaço (PEM)

Nelson Francisco Favilla Ebecken (PEC)

Renata Antoun Simão (PEMM)

Susana Beatriz Vinzon (PENO)

Thiago Gamboa Ritto (PEM)

Wagner Coelho de Albuquerque Pereira (PEB)

Jovem Cientista do Nosso Estado

Ariane de Jesus Sousa Batista (PENt)

Claudio Miceli de Farias (PESC)

Davi Ferreira de Oliveira (PEN)

Fabio Happ Botler (PESC)

Marcelino Aurélio Vieira da Silva (PET)

Saiba mais no Planeta Coppe Notícias.

Subcategories

    Topo