Destaque

A Coppe/UFRJ fará parte Pode ser uma imagem de 1 pessoa e área internado Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Física de Altas Energias Cern-Brasil, aprovado em dezembro do ano passado, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O Instituto será coordenado pelo pesquisador Ignácio Alfonso de Bediaga e Hickman, do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), e contará com a participação do professor José Manoel de Seixas, do Programa de Engenharia Elétrica da Coppe. O principal objetivo do novo INCT é dar suporte às atividades dos grupos de pesquisadores brasileiros que atuam nos quatro grandes experimentos do Large Hadron Collider (LHC).

Coordenador da equipe brasileira que atua no Atlas, o professor José Manoel de Seixas destacou que o comitê de transição do governo federal sinalizou duas prioridades na cooperação internacional em Ciência e Tecnologia, a participação do Brasil no Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile e a conclusão da adesão do país ao Cern.

“O prazo terminaria em fevereiro; entretanto, haveria um último meeting do Conselho do Cern, em dezembro, antes de se iniciar o recesso de fim de ano e o Brasil perderia o prazo. O pedido brasileiro para que o prazo fosse prolongado foi prontamente aceito, então temos mais um ano para fechar a associação. Temos atividades ligadas ao filtro online, como o Neuralringer, que detecta elétrons e que está sendo estendido a toda faixa de energia, atuando também para os fótons, e na calibração do medidor de energia, também estamos envolvidos na busca por matéria escura. É um caminho interessante que está se abrindo para a pesquisa em física de partículas”, destaca Seixas.

Saiba mais no Planeta Coppe Notícias.

    Topo
    T.LY URL Shortener

    Link Not Found

    This link has expired or is no longer available.

    Continue

    Recent Blog Posts