dsc 0245 0O Maglev-Cobra completou cinco anos de operação experimental nesta terça-feira, dia 1º de outubro. O veículo da Coppe/UFRJ que levita sobre trilhos, sem emissão de poluentes, já transportou cerca de 18 mil pessoas em uma linha experimental que liga os Centros de Tecnologia 1 e 2, na Cidade Universitária. Ele é o primeiro veículo no mundo a transportar passageiros utilizando a tecnologia de levitação magnética por supercondutividade.

“Estamos prestes a conseguir apoio que nos permitirá, em dois anos e meio, operar um veículo construído em padrões industriais. Nós queremos ter uma produção que possa ser replicada em mil veículos idênticos”, disse o professor Richard Stephan, coordenador do projeto que foi desenvolvido no Laboratório de Aplicações de Supercondutores (Lasup) da Coppe/UFRJ.


O diretor da Coppe, professor Romildo Toledo, destacou na cerimônia o idealismo e a alegria da equipe que trabalha em um projeto como o Maglev-Cobra. “Uma das grandes motivações que temos como educadores e pesquisadores é o avanço do conhecimento, a formação de recursos humanos e o desenvolvimento de tecnologias. O trem de levitação da Coppe mostra o que somos capazes de fazer na universidade”, disse Romildo.


Durante a cerimônia, o professor Richard Stephan lançou o livro "Maglev-Cobra: uma breve retrospectiva", no qual conta o passo a passo da evolução do projeto. A cerimônia contou ainda com uma homenagem ao passageiro que mais viajou a bordo do veículo, o professor da Coppe, Marco Antônio von Krüger e a apresentação de um quinteto de instrumentos de sopro da Escola de Música da UFRJ. A comemoração foi encerrada como em toda boa festa de aniversário: com um bolo e o tradicional “parabéns pra você”.

Saiba mais no Planeta Coppe Notícias


Topo