WIN 20170503 090511Três projetos coordenados por professores da Coppe/UFRJ e uma dissertação de mestrado de aluno da instituição estão entre os finalistas do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2022. Além disso, outros três docentes da Coppe integram equipes de três diferentes projetos liderados por outras unidades e universidades. A cerimônia de premiação será realizada dia 7 de dezembro, às 11 horas, no Palácio do Itamaraty, na Avenida Marechal Floriano, 196, Centro, RJ.

Todos os trabalhos de PD&I foram inscritos por uma empresa petrolífera por eles responsável e, ao todo, a Coppe estará presente na final, em quatro das cinco categorias de pesquisa, com nove professores, dez alunos, e oito pesquisadores, sendo três de pós-doutorado. Já as dissertações de mestrado concorrerão na inédita categoria PRH, lançada nesta edição de 2022 e destinada a alunos bolsistas do Programa de Formação de Recursos Humanos para o Setor de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (PRH/ANP), com as inscrições sendo realizadas pelos coordenadores de cada um desses programas. Cada uma dessas categorias de projetos e da dissertação tem três finalistas.

Tendo como área temática específica a “Redução de Impactos Ambientais e Energias Renováveis”, a categoria IV tem “representantes” da Coppe em dois projetos. A professora Carmen Lucia Tancredo Borges, do Programa de Engenharia Elétrica (PEE), e seu aluno de mestrado André Lázaro Souza integram a equipe que desenvolveu o “Gas-to-wire flutuante com CCUS: energia com emissão de CO2 quase-zero alavancada por EOR em hub offshore conectado ao sistema interligado nacional (SIN)”. O projeto é realizado em parceria com a Petrobras e coordenado pelos professores José Luiz de Medeiros e Ofélia de Queiroz Fernandes Araújo, da Escola de Química da UFRJ.

Saiba mais em Planeta COPPE Notícias | COPPE (ufrj.br)


Topo