Resumo da Tese apresentada à COPPE/UFRJ como parte dos requisitos necessários para a obtenção do grau de Mestre em Ciências (M.Sc.)

Transformador de Potencial Óptico Baseado em FBG-PZT com Demodulação por Redes Gêmeas e Filtro de Fabry-Perot

Bessie de Assumpção Ribeiro

Abril/2011

Orientador:  Marcelo Martins Werneck

Programa: Engenharia Elétrica

      A confiabilidade e a precisão dos dados coletados durante o monitoramento dentro das subestações de energia são de extrema importância. Com esta motivação um transdutor FBG-PZT (Fiber Bragg Grating-Plubum Zirconate Titanate) foi desenvolvido com o objetivo de realizar medidas de tensão para aplicação nos Transformadores de Potencial Ópticos (TPOs). Vantagens como imunidade eletromagnética, isolamento galvânico, facilidade de monitoramento remoto, alta sensibilidade, peso reduzido além de precisão, tem tornado possível o uso da tecnologia a redes de Bragg para monitoramento de parâmetros como tensão e corrente. Em relação às cerâmicas Piezoelétricas (PZT), estas atuam como um transdutor onde uma tensão elétrica aplicada é convertida em deformação mecânica através das variações no comprimento de onda de Bragg de uma FBG colada ao PZT. Para a demodulação óptica utilizada neste trabalho são apresentadas duas técnicas. A primeira usando um filtro óptico sintonizável de Fabry-Perot e a outra usando um par de redes de Bragg gêmeas, através da interação entre uma FBG sensora e uma FBG filtro. A técnica com duas FBGs gêmeas demonstra uma inovação e sua viabilidade na detecção de medidas de tensão CA (corrente alternada) em linhas de distribuição. Os resultados obtidos experimentalmente comprovam os cálculos teóricos estimados, além de comprovarem a aplicabilidade do protótipo sensor FBG-PZT a ser instalado nos TPOs, tanto para serviço de medição como para proteção dos sistemas elétricos.


Ver Abstract
Divulgação do Texto Completo NÃO AUTORIZADA pelo Autor!
Imprimir Resumo
Dados da tese na base Sigma